Em destaque Paulinho Serra vai à Câmara esclarecer serviços realizados na iluminação pública

Paulinho Serra vai à Câmara esclarecer serviços realizados na iluminação pública

Na sessão ordinária desta terça-feira (05/02), os vereadores da Câmara Municipal de Santo André receberam o secretário de Obras e Serviços Públicos de Santo André, Paulinho Serra. O secretário esclareceu as iniciativas tomadas pelo Executivo para resolver os problemas da iluminação pública, que está sob responsabilidade da empresa terceirizada Terwan. Vereadores questionaram sobre o contrato realizado com a empresa e prazo para a troca de lâmpadas queimadas. Para o vereador Bahia (DEM) a cidade precisa de medidas urgentes na iluminação pública. “Há ruas que estão no escuro, fizemos uma vistoria e encontramos bairros inteiros com graves problemas de iluminação. Queremos saber que providências serão tomadas”, disse.

Paulinho Serra esclareceu que já foram restabelecidos 3,7 mil pontos de luz, o que equivale a 62% dos 6 mil pontos escuros da cidade. “Cerca de 70% dos trechos apagados são de responsabilidade da Eletropaulo e não da Prefeitura”, disse. Ele afirmou que R$ 6,2 milhões, dos R$ 19,2 milhões da CIP (Contribuição de Iluminação Pública) destinados à gestão passada, foram poupados. Iniciativa que, segundo ele, prejudicou a manutenção da iluminação da cidade. Paulinho Serra informou que será realizado, no final de março ou começo de abril, licitação para contratação de uma empresa que deve promover a modernização no setor, com a implantação de um banco de dados para gerenciar as reclamações e o atendimento. Também serão utilizados recursos de telemetria, que permite monitoramento do consumo e indica se as lâmpadas estão em funcionamento ou não.

O vereador Montorinho (PT) foi quem propôs a visita do secretário à Câmara, no que foi apoiado pelos parlamentares. “Valeu a pena essa visita, foram esclarecidas muitas dúvidas. Iremos trazer mais secretários para a Câmara”, disse o petista. O vereador Cicote (PSB) declarou que continuará fazendo vistoria nas ruas para averiguar o método de trabalho da Terwan. “Queremos checar se essa empresa está realmente realizando o trabalho a contento, já que a cidade não pode ficar esperando no escuro”, afirmou. A explanação do secretário Paulinho Serra foi transmitida ao vivo pela TV Assembleia.

ORDEM DO DIA

A Ordem do Dia contou com seis Vetos Totais, que foram adiados por duas sessões pelos vereadores. Requerimento, de autoria do vereador Edson Sardano (PTB), foi aprovado. A propositura solicita a realização de Audiência Pública, no dia 15 de abril, às 19h, para que sejam apresentadas e discutidas informações referentes à implantação da Operação Delegada em Santo André.

alt